Em 1946, os irmãos britânicos Charles e John Cooper tiveram a ideia de conceber um carro de corrida com motor de motocicleta de 500 cc, que desenvolvesse 45 cavalos. Nascia a primeira versão da F3 Inglesa. A produção de carros de competição relativamente baratos animou outros países a criarem categorias semelhantes. Alemanha e Itália também organizaram suas F3.

A partir de 1964, os carros ganharam motores de mil cilindradas – equivalente aos propulsores que hoje equipam os veículos populares no Brasil – e a F3 se espalhou pela Europa. O sucesso da categoria levou a FIA, em 1975, a criar o Campeonato Europeu de Fórmula 3. A série durou até 1984. Depois disso, foi criada a European Formula 3 Cup: um evento de fechamento de temporada que reunia no grid os melhores colocados de cada F3 disputada nos países. Isso ocorreu ininterruptamente de 1984 a 1990 e de 1999 a 2004.

Usada como formadora de pilotos, e relativamente barata, a F3 se populariza em todo o mundo. Vai da F3 Sul-americana, e que depois se transformou em F3 Brasil, até a F3 do Japão – considerada a competição mais forte fora da Europa. Isso levou a FIA a insistir em uma F3 Europeia, o que se concretizou em 2012. A crise econômica enfrentada pelo continente no final da década passada ajudou, pois a categoria uniu esforços.

Hoje, 33 carros alinham no grid e a categoria já revelou para a F1 pilotos como Sebastian Vettel e mais recentemente Max Verstappen. A versão antiga da F3 Europeia, além da F3 Inglesa e da F3 Alemã, projetou também nomes como Nelson Piquet, Alain Prost, Ayrton Senna, Nigel Mansell, Michael Schumacher e Lewis Hamilton.

Campeões
Fase atual
2015 - Felix Rosenqvist
2014 - Esteban Ocon
2013 - Raffaele Marciello
2012 - Daniel Juncadella
Fase antiga
1984 - Ivan Capelli
1983 - Perluigi Martini
1982 - Oscar Larrauri
1981 - Mauro Baldi
1980 - Michele Alboreto
1979 - Alain Prost
1978 - Jam Lammers
1977 - Piercalo Ghinzani
1976 - Riccardo Patrese
1975 - Larry Perkins

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade