Formula E

Desde 2012, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) passou a trabalhar no projeto que permitisse criar uma categoria para carros de corrida movidos 100% por baterias elétricas. A dúvida inicial era se os equipamentos seriam construídos para competir em provas de turismo ou de fórmula.

A opção pelo carro de fórmula surgiu em função da melhor adaptação às baterias. No Salão do Automóvel de Frankfurt, em 2013, foi apresentado o primeiro protótipo – desenvolvido pela Renault. A partir do modelo, a FIA começou a organizar a competição.

A tecnologia do carro elétrico para corridas foi transferida para construtores que quisessem aderir ao campeonato. Em 13 de setembro de 2014, batizada de Fórmula E, a FIA estreava a mais nova categoria do automobilismo mundial. A competição se inspira na Fórmula 1 e dá a volta ao mundo com seus eventos.
Além das inovações tecnológicas, a categoria tem um calendário único, pois começa em um ano e termina no outro. O grau de competitividade tem atraído muitos pilotos consagrados e com passagem na Fórmula 1, como o campeão mundial de 1997, Jacques Villeneuve.

Três brasileiros participaram da primeira e da segunda temporadas: Nelsinho Piquet, Bruno Senna e Lucas di Grassi. Piquet é o primeiro campeão da categoria, na temporada 2014/2015, e Lucas di Grassi foi o primeiro a vencer uma etapa, em Pequim, em setembro de 2014.

Campeões
2016/2017 - Lucas di Grassi
2015/2016 - Sébastien Buemi
2014/2015 – Nelsinho Piquet

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade