MotoGP

  • Crédito: Divulgação/ MotoGP

    Diretor chefe da equipe, Lin Jarvis, foi fundamental para apaziguar o clima tenso entre os dois.

Chefe da Yamaha acalma Rossi e Lorenzo

Lin Jarvis revela que exerce papel importante para pacificar dupla dentro da equipe japonesa
Por: Redação - 14/12/2015 11:45:02

O chefe da Yamaha, Lin Jarvis, acredita que ajudou a acalmar os ânimos dos pilotos da equipe, Valentino Rossi e Jorge Lorenzo. A dupla protagonizou algumas rixas durante a temporada 2015 da MotoGP, tanto dentro quanto fora das pistas. Para citar um caso, o italiano disse que os espanhóis Dani Pedrosa e Marc Márquez teriam feito complô para favorecer o título de Lorenzo.

Jarvis revela que a sua capacidade em se manter neutro foi um dos trunfos para lidar com a pressão entre os dois pilotos. "O que ajudou é que eu não sou italiano ou espanhol. Isso é dito como uma brincadeira, mas também não é uma piada. Se você é capaz de ser neutro e permanecer assim, isso é muito importante. Há uma certa dose de influência nacionalista que pode surgir. Se você é espanhol, você deve apoiar o espanhol; se você é italiano, você deve apoiar o italiano”, disse o diretor inglês.

Ao contratar dois pilotos de peso, a Yamaha sabia que teria que adotar uma estratégia para trabalhar com o ego de cada um. “A solução para cada pessoa em um problema é diferente. É muito importante procurar a solução exata. Nunca é fácil gerenciar qualquer campeão, e ainda mais complicado com dois, como Valentino e Lorenzo. Tem sido difícil, mas nós conseguimos", finalizou Jarvis.

A temporada da Moto GP 2016 começa no dia 20 de março e os pilotos aceleram no circuito do Catar.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *