Fórmula 1

  • Crédito: Red Bull Racing/Twitter

    Max Verstappen é o segundo com mais penalidades na F1, desde a temporada 2017.

Verstappen já tem 5 pontos na carteira

Desde a Hungria, em 2017, piloto acumula penalidades que podem lhe custar a suspensão de um GP
Por: Redação - 16/04/2018 16:48:35
1.041 visualizações

A colisão em Sebastian Vettel no GP da China, domingo, custou mais dois pontos na carteira do belga-holandês Max Verstappen, piloto da Red Bull. Desde a etapa da Hungria em 2017, ele vem acumulando punições em sua superlicença. Se chegar a 12 pontos, será suspenso de um GP.

No GP da Hungria do ano passado, Max Verstappen conseguiu tirar seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo, da prova. Durante a primeira volta, ao ver que seria ultrapassado pelo australiano, Max jogou seu carro contra o de Ricciardo, danificando o radiador e tirando o Red Bull 3 da corrida.

Depois, no GP dos Estados Unidos, na temporada passada, Verstappen atacou Kimi Raikkonen em uma disputa por posição, na última volta, mas cortou caminho, invadindo a faixa vermelha do circuito de Austin para conseguir ultrapassar a Ferrari e ficar com o terceiro lugar.

Na antessala para o pódio, Max Verstappen foi comunicado da punição, que lhe custou a perda do terceiro lugar e mais um ponto na carteira. Além do piloto da Red Bull, também estão com punições na superlicença os seguintes pilotos: Kevin Magnussen (6), Stoffel Vandoorne (5), Romain Grosjean (3), Sergio Pérez (3), Sebastian Vettel (3). Kimi Raikkonen (3), Carlos Sainz Jr. (2), Fernando Alonso (2), Marcus Ericson (2), Nico Hulkenberg (1) e Lance Stroll (1).

A punição dura por 12 meses, até o piloto voltar a competir no GP em que foi penalizado na temporada anterior.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade