Fórmula 1

  • Crédito: Formula 1

    Qual o impacto do Brexit na Fórmula 1 a partir de 29 de março de 2019? É o que todos se perguntam.

Brexit ameaça travar a Fórmula 1

Saída da Grã-Bretanha da União Europeia pode afetar negócios da categoria e mudanças para 2021
Por: Redação - 09/01/2019 10:49:17
818 visualizações

Com exceção da Ferrari, todas as outras escuderias da Formula 1 têm sede na Grã-Bretanha. Por isso, as equipes estão apreensivas com a chegada de 29 de março, data em que oficialmente o Reino Unido se retira da União Europeia, o que ficou conhecido como Brexit.

O temor é que o Brexit impacte a F1, trazendo risco cambial, desafios logísticos, dificulte o ir e vir dos funcionários das equipes, cuja maioria tem cidadania da UE, e gere aumento de tributações.

A Liberty Media acompanha atentamente os movimentos e busca calcular eventuais prejuízos do Brexit à Fórmula 1. O principal receio é que o isolamento britânico possa inibir a entrada de novos fabricantes na categoria – um desejo a partir da temporada de 2021.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade