Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images Sport

    Largada do GP da Austrália 2019.

As "verdades" do GP da Austrália

A primeira etapa da temporada 2019 deixou "verdades" para o restante da temporada
Por: Redação - 18/03/2019 09:34:17

Logo após a primeira etapa da temporada 2019 de F1 ser realizada, neste domingo(17), em Melbourne, na Austrália, ficaram algumas certezas na cabeca de todos os que acompanham a categoria e algumas dessas certezas são animadoras para o restante da temporada.

A Mercedes vai polarizar a disputa pelo título de pilotos, mais uma vez, e que desta vez o Valtteri Bottas veio para disputar e não para assessorar o seu companheiro de equipe, Lewis Hamilton. Pelo menos foi o que o finlandês mostrou no circuito de Albert Park neste domingo. Bom para o campeonato!

A Ferrari, ao contrário do discurso de Sebastian Vettel durante a coletiva de imprensa que abre o final de semana de corrida, onde falou em "liberdade" de disputa entre os pilotos, mostrou que vai sim forçar a barra em busca do quinto título do alemão e que Charles Leclerc é um plano de futuro e não de presente. Mas Leclerc, pelas declarações dadas após o GP, mostrou-se com personalidade para lutar contra essa determinação. Boas polêmicas virão do box italiano com certeza!

A Red Bull, apesar do bom desempenho do motor Honda, vai se contentar em ser a força intrometida entre os alemães e italianos? Acreditamos que não, afinal o piloto número um da equipe é agressivo e com um bom motor, que possa mostrar evolução durante a temporada, vai se beliscar umas vitórias e incomodar ainda mais o grupo de cima do grid.

Quanto ao restante do grid, o campeonato dentro do campeonato, parece que teremos uma acirrada disputa entre Renault, McLaren, Alfa Romeo e Haas pelo título da "F2 Plus", a categoria dentro da categoria.

Quanto a Williams, um capitulo à parte, pois a cada ano tem caido e nesta temporada o sofrimento e as últimas posições serão parte de sua rotina. Quanto ao retorno de Robert Kubica, louvável o seu amor pelo automobilísmo, mas mesmo que o carro seja péssimo, ficou claro que a sua condição física o causa grandes limitações, vide a volta que tomou do seu companheiro de equipe Geroge Russell.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade