Fórmula 1

  • Crédito: RV RACINGPRESS

    Hamilton, em 2007, quando estava na McLarem com Alonso.

Hamilton se viu "perseguido" em 2007 e 2008

Piloto inglês fala em entrevista que se sentiu "injustiçado" nas temporadas 2007 e 2008
Por: Redação e agências - 22/03/2019 10:45:12

Lewis Hamilton agora é cinco vezes campeão mundial, mas quando chegou à Fórmula 1 ele não estava tão certo que pudesse ter sucesso algum dia. Tudo porque, pensou ele quando chegou aos 22 anos, foi muito castigado e, segundo ele, sem culpa de sua parte.

O britânico refere-se a 2007, quando ele estava na McLaren com Fernando Alonso de companheiro e 2008, quando acabou conseguindo seu primeiro título mundial, após um intenso duelo com o brasileiro Felipe Massa.

"Foi muito traumatizante porque eu perdi, em 2007, um campeonato que estava em minhas mãos. Eu também fui punido muitas vezes nesses dois anos e sem culpa. Foram acontecendo coisas estranhas, pessoas fizeram de tudo para impedir o meu sucesso", disse Hamilton em uma entrevista ao programa 'In Depth' do jornalista norte-americano Graham Bensinger.

Lewis reclama, em particular, do Grande Prêmio da Bélgica de 2008, quando foi penalizado por um incidente com Kimi Raikkonen e que a vitória acabou indo para Felipe Massa.

O inglês reconhece que era "imaturo" em muitos assuntos e que não gerenciava tudo tão bem quanto deveria. "Quando eu consegui, eu me senti muito bem. Acho que aos 23 anos de idade eu acho que não estava maduro o suficiente para entender tudo o que acontecia na categoria e simplemente me divertir. Eu não estava preparado para a mídia. Eu não fui ensinado a lidar com a imprensa, falar diante das câmeras, conversar com as pessoas, eu tinha acabado de chegar na categoria e me joguei no vazio sem saber de nada, eu administrei o melhor que pude", disse.

Na entrevista, Hamilton também se declara "orgulhoso" de ver mais diversidade no automobilismo. "Agora mais e mais grupos étnicos estão chegando: jovens asiáticos, jovens negros ...", afirmou.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade