Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images Sport

    A Ferrari fez a sua pior corrida na temporada 2019, em Barcelona.

Ferrari decepciona em Montmeló

Imprensa italiana não perdoa a performance da equipe italiana, em Barcelona
Por: Redação e agências - 13/05/2019 10:10:16

A imprensa italiana não tem perdoado o início de temporada da Ferrari e logo após o GP da Espanha, disputado neste domingo(12), em Barcelona, os principais jornais italianos mostraram como estão sentindo o momento vivido pela equipe de Maranello.

La Stampa: "Para a Ferrari foi a pior corrida de 2019. Falhou qualquer tentativa de aproximar-se da Mercedes. Mesmo a gestão da corrida deixou muito a desejar Os pilotos perderam tempo trocando, por duas vezes as posições, e as paradas de boxes foram lentas. Eles levaram o dobro do tempo dos competidores diretos. Vettel e Leclerc não incomodaram Verstappen em nenhum momento e quanto a Mercedes, essa já está longe".

La Repubblica: "O campeão da pré-temporada derrete como uma medusa levada até o sol de ardente do mês de agosto, quando as coisas ficam difíceis depois de cinco corridas e cinco decepções, não sabem porque o carro não funciona, obviamente, não sabemo que atitude tomar".

Corriere della Sera: "O julgamento da Ferrari pode começar, nada aconteceu em Montmelò, até mesmo os primeiros pit stops foram lentos, mas esses são problemas secundários, assim como os duelos internos entre os dois pilotos. O SF90 não só sofreu aqui na Espanha, mas em todos os lugares anteriores, se a falha não é clara, a solução não pode ser identificada e isso é um grande problema para as próximas corridas. Binotto não entra em detalhes e está perdido, o tempo está se esgotando e a sequência de vitórias da Mercedes pode ser desproporcionalmente estendida, isso não é bom, espera-se que após os testes as ideias sejam mais claras".

La Gazzetta dello Sport: "Decepção na Ferrari. Mais uma vez Max Verstappen fez piada deles e tem sido uma verdadeira pedra no sapato para o pessoal de Maranello".

Il Giornale. "Noite escura para a casa de Maranello, que é testemunha impotente do domínio indiscutível da Mercedes, sem a possibilidade de mudar a situação no momento. Na verdade, parece que nem Binotto e sua equipe têm ideias para sair logo dessa situação. Infelizmente para a Ferrari, neste fim de semana em Barcelona, se confirmou a grande diferença com as Mercedes. Lewis Hamilton, da Mercedes, aparece como favorito ao título, o que será o seu sexto título mundial".

 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade