Fórmula 1

  • Crédito: RV RACINGPRESS

    Schumi com Ecclestone durante GP de F1, quando o alemão ainda corria pela Ferrari.

Ecclestone otimista em relação a Schumacher

Ex-chefão da F1 também dá esperanças sobre estado de saúdo do heptacampeão
Por: Redação e agências - 05/06/2019 16:49:46

Com todo o sigilo sobre o estado do heptacampeão de F1, Michael Schumacher, qualquer comentário das pessoas mais próximas, é muito bem-vindo. O último a falar sobre como está Schumi, foi Bernie Ecclestone. O ex-chefe da F1 alimentou as nossas esperanças, quando revelou quão saudável está o "Kaiser".

Lembre-se que, de acordo com o jornal britânico "Daily Mail", Schumacher não está de cama, nem precisa de um respirador artificial para se manter vivo. E também de Jean Todt, que confessou ter visto o Grande Prêmio do Brasil de 2018 na casa do alemão.

Agora, à medida que o "Mirror" avança, há mais sinais que nos convidam ao otimismo. Assim, Ecclestone acredita que o piloto, sete vezes campeão de F1, vai se recuperar dos graves ferimentos sofridos em um acidente de esqui, no dia 29 de dezembro de 2013.

O jornal inglês revela esta informação sobre o estado de saúde de Schumi em um documentário sobre a lenda da F1, intitulado "Schumacher", que será lançado no dia 5 de dezembro, em países de língua alemã, com direitos para os países estrangeiros, em processo de comercialização.

O documentário, que teve o total apoio da esposa de Schumacher, Corinna e do resto da família, detalhando a vida e a carreira de Michael e até o seu acidente de esqui, no qual sofreu uma lesão grave na cabeça.

No trailer do documentário,, que foi compartilhado com a imprensa alemã, o ex-CEO da F1 diz: "Ele não está conosco agora, mas quando melhorar, responderá a todas as perguntas". A declaração é ilustrada pelos diretores Michael Wech e Hanns-Bruno Kammertoens mostrando montanhas cobertas de neve.

A imprensa alemã interpreta que Ecclestone "deixa claro como eles vão abordar as conseqüências do acidente de esqui sofrido por Schumacher, cinco anos depois", enquanto Bernie nos leva a interpretar que exista esperança para uma recuperação bem sucedida.

A família de Schumacher têm sido, até agora, muito relutante em compartilhar qualquer informação sobre o estado de saúde de Michael. Schumi está sendo cuidado, em casa, na Suíça, onde sua esposa Corinna construiu uma clínica interna e montou uma equipe de médicos e enfermeiros para monitorar seu tratamento e reabilitação.

A própria Corinna, assim como o pai de Michael, Rolf, aparecem no documentário. Como Corinna também adverte, com grande otimismo e esperança: "Michael é um lutador e não vai desistir".

Compartilhe



Veja também...

2 Comentários

  1. Edson Diz:

    Boas notícias, saúde Schumi

  2. Edson Diz:

    Boas notícias. Saúde schumi

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

Publicidade
Publicidade
Publicidade