Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images

    Charles foi capaz de segurar a pressão do pentacampeão Lewis Hamilton por mais de 20 voltas

Derrota na Áustria mudou postura de Leclerc

Na ocasião, piloto da Ferrari foi superado por Verstappen
Por: Murilo - 09/09/2019 09:14:44

Vivendo a aprendendo; para Charles Leclerc, sua segunda vitória na Fórmula 1 só foi possível graças a uma derrota: ser ultrapassado por Max Verstappen no GP da Áustria ensinou a lição para o jovem piloto, que foi capaz de segurar a pressão do pentacampeão Lewis Hamilton por mais de 20 voltas no GP de Monza.

“Desde a Áustria está claro que podemos ir além na forma de defender e ultrapassar. Acredito que a Áustria me ajudou a mudar a abordagem e hoje é graças àquilo que consegui vencer. Obviamente foi muito no limite mas estou contente em correr assim”, disse o piloto da Ferrari.

“Soube pelo rádio que levei uma bandeira preta e branca por me mexer nas freadas. Para ser completamente honesto, eu sabia que ele estava à direita, ele freou um pouco mais cedo. Provavelmente foi de propósito, porque ele não queria tentar passar por fora. Senti que deixei a largura de um carro. Não vi as imagens, mas tenho certeza de que deixei a largura de um carro. É bom se pudermos disputar mais”, completou.

Já Hamilton, sem polemizar, questionou a falta de punição ao piloto da Ferrari. "Havia uma regra estabelecida e não foi cumprida. Realmente não sei por que esse foi o caso. Eu tive que evitar colidir com ele algumas vezes. Mas é assim que as corridas são hoje", afirmou o pentacampeão ao site Motorsport.com.

 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade