Fórmula 1

  • Crédito: Getty Images

    A mudança também é motivo de preocupação de Max Verstappen.

Calendário é "muito longo e chato", diz Villeneuve

Com 22 corridas, o calendário da próxima temporada da F1 será o maior de todos os tempos
Por: Murilo - 09/10/2019 07:35:05

O calendário da Fórmula 1 para o ano que vem, com suas 22 corridas, foi criticado pelo ex-piloto Jacques Villeneuve. Campeão mundial de 1997 com a Williams, o canadense discordou do aumento de provas que a categoria terá na próxima temporada. Ele também criticou a redução no número de testes de inverno, feita para acomodar as mudanças.

“O calendário está se tornando muito longo e chato. Para os fãs, seria melhor se houvesse menos corridas e mais testes. Os novos donos do campeonato veem mais corridas como mais renda, e isso é tudo que os excita. Mas não acho que isso realmente beneficie a Fórmula 1”, disse ele à emissora de notícias russa Championat.

Com 22 corridas, o calendário da próxima temporada da F1 será o maior de todos os tempos. Até aqui, o recorde atual era de 21 provas em uma temporada. Sobre o aumento no número de corridas, o canadense disparou. “O calendário está ficando mais longo e o público está ficando mais entediado”, completou Villeneuve.

A mudança também é motivo de preocupação de Max Verstappen; o piloto da Red Bull já afirmou que um calendário mais longo pode ser difícil para os mecânicos.

 

Compartilhe



Veja também...

1 Comentários

  1. FelipeDiz:

    Que nada,esse Jacques Villeneuve é um cara muito chato, não sabe apreciar a F1 como o pai dele,o Gilles sabia apreciar.
    Hoje os pilotos só visam o dinheiro, não tem mais aquele amor e aquele espírito competitivo pelo fascinante mundo da F1.
    A única coisa que me deixa triste e chateado é a falta de mecânica nos bólidos,como era antigamente,era 90%mecanico e 5% eletrônico os carros,hj é o inverso.
    Sinto falta daquela competitividade,enfim, sinto falta daquela época.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

Publicidade
Publicidade
Publicidade