Fórmula 1

  • Crédito: AFP

    Monisha Kaltenborn busca soluções para viabilizar a Sauber.

Sauber garante ir até o fim da temporada

Chefe de equipe admite dificuldades, mas busca soluções para manter escuderia nas pistas
Por: Redação - 25/04/2016 11:41:00

Com dificuldades financeiras, a Sauber - cujo patrocínio-master é do Banco do Brasil - promete disputar toda a temporada de 2016 da Fórmula 1. A chefe da equipe, Monisha Kaltenborn, afirma que a escuderia trabalha em várias frentes para colocar os salários em dia e tornar o carro mais competitivo nas pistas.

A Sauber foi a última a apresentar o modelo 2016 e chegou a ficar dois meses sem pagar salários. Segundo Monisha Kaltenborn, os desafios são grandes, mas a equipe não cogita em desistir. Ao mesmo tempo, a chefe de equipe, em entrevista à Autosport, admitiu que houve desconforto com os atrasos de salários, mas que em nenhum momento os mecânicos ameaçaram paralisação.

Cogita-se que a Sauber possa ser adquirida pelo grupo Fiat-Chrysler, a fim de tornar Alfa Romeo em 2017. A equipe seria um satélite da Ferrari. Atualmente, a Sauber já compete com motor da escuderia italiana. Se isso ocorrer, os pilotos Marcus Ericsson e Felipe Nasr podem estar com o futuro indefinido na F1.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *