Fórmula 1

  • Crédito: Andrej Isakovic/AFP

    Daniiel Kvyat volta para Toro Rosso e Verstappen assume a Red Bull.

Red Bull troca Kvyat por Verstappen

Piloto russo volta a correr na Toro Rosso, após incidentes entre ele e Sebastian Vettel
Por: Agência AFP - 05/05/2016 09:17:00

A Red Bull anunciou nesta quinta-feira a demissão do piloto Daniil Kvyat. A partir do GP da Espanha, no próximo dia 15, sua dupla passa a ser formada por Daniel Ricciardo e Max Verstappen, eleito em 2015 a revelação da temporada. Kvyat volta a competir pela Toro Rosso, equipe satélite da Red Bull e onde corria até 2014.

O piloto russo foi dispensado depois da polêmica que causou no GP da Rússia, quando colidiu duas vezes na traseira da Ferrari de Sebastien Vettel, provocando a revolta do tetracampeão da F1, que foi reclamar nos boxes da Red Bull. Curiosamente, Kvyat havia deixado a Toro Rosso exatamente para substituir Vettel, que foi para a Ferrari na temporada 2015.

Verstappen, que aos 17 anos tornou-se o piloto mais jovem a chegar à F1, e que vinha pilotando pela Toro Rosso – equipe satétite da Red Bull – disse não acreditar na promoção. "Eu não posso esperar por esse momento especial acontecer", afirmou nesta quinta-feira.

Para o piloto holandês, é uma oportunidade única. "É um passo significativo na minha carreira, que é relativamente curta. É uma oportunidade incrível", acrescentou. “Vou ter a oportunidade de aprender muito com a Red Bull Racing. Também estou ansioso para trabalhar com um companheiro experiente e comprovado como Daniel Ricciardo", completou.

O movimento brusco pela Red Bull surpreendeu outros pilotos. "Sério? Uma corrida ruim e Kvyat já caiu? O que acontece com o pódio na corrida anterior (GP da China)? Memória curta", comentou Jenson Button, da McLaren, via Twitter.

O chefe da equipe Red Bull, Christian Horner, justificou a troca dizendo que Verstappen já merecia uma oportunidade. "Max tem provado ser um grande talento. Seu desempenho na Toro Rosso tem sido impressionante até agora e temos o prazer de dar-lhe a oportunidade de dirigir para a Red Bull. Estamos na posição única de ter todos os quatro pilotos (Red Bull e Toro Rosso) no âmbito de contratos de longo prazo com a Red Bull, por isso temos a flexibilidade necessária para movê-los entre as duas equipes. Dany será capaz de continuar o seu desenvolvimento na Toro Rosso”, afirmou Horner.

Tratado como um cão de rua após o GP da Rússia, e sentindo que sua vaga na Red Bull estava ameaçada, Kvyat chegou a se desculpar publicamente pelo acidente em Sochi, mas de nada adiantou. "Peço desculpas a todos. É fácil me atacar, mas precisamos dialogar mais”, desabafou. No GP da China, o piloto russo já havia discutido com Vettel, que o acusou de causar o acidente entre ele e seu companheiro de Ferrari, Kimi Raikonen. O que ocorreu na Rússia foi a gota d’água para ele na Red Bull.

 

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *