Fórmula 1

  • Crédito: Renault

    Fred Vasseur deixa a Renault às vésperas de a equipe apresentar o carro.

Sem chefe, Renault está em crise

Escuderia fica sem direção a pouco mais de um mês de apresentar seu carro para 2017
Por: Redação - 11/01/2017 13:17:19

O anúncio de que Fred Vasseur deixou o cargo de chefe de equipe da Renault, que veio à tona nesta quarta-feira, coloca a escuderia em crise a pouco mais de um mês de ela apresentar seu novo carro. A data para revelar o equipamento é 23 de fevereiro, mas pode, inclusive, ser adiada, prejudicando os testes da equipe em Barcelona, e que começam dia 27 de fevereiro.

Fred Vasseur justificou sua saída alegando divergências com a cúpula da montadora sobre o desenvolvimento do carro. Nas entrelinhas, o ex-chefe de equipe deu a entender que estava ocorrendo interferência em seu trabalho. “Houve uma reunião problemática no final de 2016, tirei duas semanas de férias e na volta resolvi que deveria sair”, justificou Vasseur.

A Renault, que em 2017 terá Nico Hulkenberg e Jolyon Palmer como pilotos, agora corre atrás de um chefe de equipe, mas que aceite o projeto abandonado por Fred Vasseur ou que seja mágico para trabalharv em cima de um novo carro a pouco mais de um mês de ele ir para a pista.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *

    Publicidade
    Publicidade
    Publicidade