Fórmula E

  • Crédito: Fórmula E

    Largada do ePrix de Long Beach de 2015, vencido pelo brasileiro Nelsinho Piquet.

Uma pista para duas corridas

Circuito de Long Beach começa a ser preparado para receber carros elétricos, e F-Indy
Por: Redação - 28/03/2016 14:30:02

O tradicional circuito de rua de Long Beach, na Califórnia, terá duas semanas de intensa atividade. No próximo sábado, o traçado recebe a sexta etapa da temporada 2015-2016 da Fórmula E. Já dia 17 de abril sedia a terceira prova da Fórmula Indy neste ano. Segundo os promotores das corridas, preparar a pista para dois eventos desta envergadura só é possível por que o traçado é o mesmo para ambos.

Segundo o CEO do associação de automobilismo de Long Beach, Jim Michaelian, a montagem da pista começa 60 dias antes do primeiro evento, que é a Fórmula E. “Se não reaproveitássemos o circuito não seria possível receber as duas corridas em tão pouco tempo. O que fazemos é montar a pista da Fórmula Indy e dentro demarcamos o circuito da Fórmula E, que compete em um traçado um pouco menor”, explica.

Jim Michaelian afirma que o que mais diferencia uma corrida da outra é a estrutura de boxe, já que a Fórmula E não utiliza o mesmo complexo da Fórmula Indy. “Mas isso é fácil de montar e desmontar, pois contamos com uma equipe especializada. Normalmente, depois da corrida da Fórmula E, no final de semana seguinte a estrutura para a Fórmula Indy já está pronta”, assegura.

Long Beach sedia corridas de rua desde 1975. O traçado já esteve presente no calendário da Fórmula 1, de 1976 a 1983. O brasileiro Nelson Piquet venceu em 1980 e seu filho, Nelsinho Piquet, ganhou o primeiro ePrix disputado no circuito, na temporada 2014/2015. Já a Fórmula Indy compete em Long Beach desde 1984, com apenas uma vitória brasileira: em 2001, com Helio Castroneves.

Compartilhe



Veja também...

    Deixe um comentário

    Seu e-mail não será publicado. Campos Obrigatórios *